quarta-feira, 28 de maio de 2008

Que Estado é esse?

Para inaugurar nosso blog usarei um comentário de Marx sobre o Estado, pois muito se comenta da atuação desta instituição em nossas vidas.
Apesar de ser tratado como ultrapassado Marx ainda é atual. Suas críticas deram origem a uma série de contestações sobre a maneira de atuar do capital.
Mesmo o Estado que deveria ser imparcial se rende a interesses capitalistas particulares e nunca responde pela maioria.

“O Estado é um instrumento essencial de dominação de classes na sociedade capitalista. Ele não está acima dos conflitos de classes, mas profundamente envolvidos neles. Sua intervenção no conflito é vital e se condiciona ao caráter essencial do Estado como meio da dominação de classe”.

(...) “o Estado representa o braço repressivo da burguesia. A ascensão do Estado como força repressiva para manter sobre controle os antagonismos de classe, descreve a natureza de classe do Estado”. (Karl Marx)

Mas não devemos nos iludir com promessas de um Estado isento, pois esta instituição foi criada por aqui, para atender os interesses das elites locais.
Nunca deveríamos alegar que ele não funciona bem, pois se ainda representa uma minoria, significa que está trabalhando de acordo com os interesses de seus donos.
E ao invés de criticarmos os pensamentos de Marx e continuarmos os tratando como ultrapassados, precisamos contextualizá-los ao nosso tempo e contemplarmos a riqueza de suas críticas.

3 comentários:

Blog do Marcio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Blog do Marcio disse...

É meu amigo! Vejo que suas descrições continuam acirradas.

Shirlene disse...

Gostei muito do uqe vc disse no seu blog..eu no momento estou morando no japão e vejo quã grande ea diferença..bj